12 de março de 2014

Taxonomia

EDIÇÃO 001

 
Olá estudantes, esta é a nossa primeira postagem (aula) do Cursinho Pré-ENEM Online. Iniciaremos as publicações com a matéria Taxonomia. Bons estudos!
 
TAXONOMIA é:
 
- SISTEMA DE CLASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS
 
- Na CLASSIFICAÇÃO NATURAL há o: AGRUPAMENTO DE INDIVÍDUOS A PARTIR DAS SEMELHANÇAS FISIOLÓGICAS E EVOLUTIVAS.
- Na CLASSIFICAÇÃO ARTIFICIAL há o: AGRUPAMENTO DE INDIVÍDUOS DE ACORDO COM PARÂMETROS DEFINIDOS PELO AUTOR.
 
Observe a imagem:
 
Nela nós temos os dois tipos de células existentes nos organismos vivos. A célula à esquerda é a PROCARIONTE (mais primitiva, menos desenvolvida e sem carioteca bem definida, ou seja, sem núcleo). Apenas as bactérias - pertencentes ao Reino Monera - possuem célula procarionte.
 
A célula à direita é a EUCARIONTE (mais desenvolvida e com carioteca bem definida, ou seja, com membrana nuclear). Os seres vivos que a possuem são protistas - protozoários e algas -, fungi - fungos -, vegetal - plantas - e animal - animais, inclusive nós, seres humanos -.
 
Pois bem, como protozoários, fungos, plantas e animais possuem célula eucarionte - com carioteca -, eles são classificados naturalmente à parte das bactérias, que possuem célula procarionte - sem carioteca -.
 
Agora, suponhamos que quiséssemos classificar os seres vivos pelo parâmetro dos que voam e os que não voam. Isso seria uma classificação artificial.
 
 
 
Entretanto, sabemos que morcego e mulher são mamíferos, pardal e avestruz são aves e, mosca e escorpião são arthropodas.
 
CATEGORIAS TAXONÔMICAS:
 
REINO: Conjunto de filos.
FILO: Conjunto de classes.
CLASSE: Conjunto de ordens.
ORDEM: Conjunto de famílias.
FAMÍLIA: Conjunto de gêneros.
GÊNERO: Conjunto de espécies.
ESPÉCIE: Indivíduos semelhantes que cruzam entre si e originam descendentes férteis.
 
Uma dica para melhor guardar todas as categorias taxonômicas é falar repetidamente a palavra REFICOFAGE e lembrar do que cada sílaba se trata.
 
 
 
ÁRVORE TAXONÔMICA é a REPRESENTAÇÃO DO PROCESSO EVOLUTIVO E DO PARENTESCO ENTRE OS INDIVÍDUOS.
 
Observe a imagem:
 
 
Imaginemos que os números são INDIVÍDUOS e as letras são CARACTERÍSTICAS.
 
Partindo dessa premissa e sabendo que a bolinha preta simboliza um ancestral comum de todos os indivíduos presente na árvore, então nós poderíamos dizer que:
 
O indivíduo 1 tem duas características e elas são as características A e B.
O indivíduo 2 tem três características e elas são as características A, C e D.
O indivíduo 3 tem quatro características e elas são as características A, C, E e G.
O indivíduo 4 tem quatro características e elas são as características A, C, E e F.
 
Agora, veja a árvore taxonômica abaixo:
 
Novamente, considere os números INDIVÍDUOS e as letras CARACTERÍSTICAS.
 
(!) Desenhe esta última árvore taxonômica no caderno ou em uma folha e faça uma tabelinha de INDIVÍDUOS e CARACTERÍSTICAS. Complete a tabela. A tabela com resposta encontra-se logo abaixo, mas não veja ela antes de fazer o exercício para exercitar-se um pouco.
 
 
Pronto, agora que você já fez o exercício sugerido anteriormente e conferiu a resposta, você saberia dizer quais são os dois indivíduos mais próximos, ou seja, que possuem mais características em comum? Se sim, escreva os dois numa folha e depois prossiga com esta leitura.
 
Se você escreveu indivíduos 4 e 5, acertou. Eles, como podemos ver, têm quatro características em comum e elas são as características A, B, F e G.
 
Portanto, QUANTO MAIOR O NÚMERO DE CARACTERÍSTICAS EM COMUM, MAIOR O PARENTESCO.
 
Chegamos ao fim dessa postagem. Lembre-se sempre do nosso método sugerido para o "Cursinho Pré-ENEM Online". Ou seja, faça várias releituras do conteúdo, busque o significado das palavras que desconhece. E, se haver alguma dúvida, pode deixa-la nos comentários. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário